Oferta!

O Rebelde • Autobiografia do Criador de Conan, Sonja, Solomon Kane e Rei Kull

R$79,90

Apenas 1 em estoque

Com capa e ilustrações de Gio Guimarães, editada por Marco A. Colares, a obra foi produzida ao longo do ano de 1928 por Robert Ervin Howard. A ideia do autor era criar um relato realista sobre seus primeiros anos como escritor, narrando fatos iniciados por volta de 1924. Ele reuniu coisas como: suas idas e vindas à cidade de Browmwod (próxima uns 50 km de Cross Plains, onde vivia), as saídas com os amigos, as primeiras experiências como autor, algumas descrições sobre lutas de boxe que participava de forma amadora, as cervejas artesanais que fazia, o boom do petróleo que estava ocorrendo na região, sua visão e influências na literatura, os ditos “males” da civilização e a importância da barbárie. E muito mais. No texto, Howard é STEVE COSTIGAN. Ele muda todos os nomes de pessoas e lugares reais, algo que será explicado nas notas de rodapé feitas para essa publicação, realizadas pelos estudiosos da Robert Howard Association (REHupa). O fato é que você terá em mãos um livro nunca publicado durante a vida desta lenda da literatura, pois foi lançado, nos EUA, apenas no final da década de 1980. Para Clyde Smith, segundo o que lhe contou Howard, a obra deveria se chamar Post Oaks and Sand Rooughs, em alusão a um carvalho muito resistente do Texas e a terra arenosa do lugar. Pode-se dizer que STEVE COSTIGAN/HOWARD muito se parece com seus brutais e rústicos personagens e você conhecerá a matéria-prima das ideias pessoais do escritor para a composição de seus textos e narrativas. A decisão do título ser o REBELDE, tal como foi utilizado nas publicações europeias, é por sintetizar o tom da narrativa e a autorrepresentação de Howard. Como bem afirmado por Rusty Burke, prefaciador, há no texto uma verdade das ideias howardianas, de suas visões sobre si e alguns temas encontrados em seus personagens e narrativas. Afinal, assim como um carvalho que rebeldemente cresce em terras arenosas, Howard era um bárbaro em meio a uma “opressão civilizatória”, desprovida, muitas vezes, de valores. Agradecemos a REHupa pelas notas de rodapé; a Jason Carney, doutor em Howard e editor do The Dark Man Journal, pelo posfácio; a Rusty Burke, nosso prefaciador; e a Conan Propertiers International, nas figuras de Fredrik Malmberg e Joakin Zettterberg pelo apoio a essa publicação. Pela primeira vez no Brasil, a autobiografia ficcional (como comumente é definida em linhas gerais) de Robert Howard.

CategoriasBiografia , Gibis Sem Desenho > Livro
EditoraSkript
AutorRobert E. Howard
Páginas208
Ano2022
Tipo de capaCapa Dura
CorP&B
ISBN9786586284478
Dimensões23cm x 15cm x 2cm