A Espiã de Vênus

R$71,00

Apenas 1 em estoque

Em 1968 o mundo vivia uma efervescência cultural e política intensa, com o advento, entre tantas lutas sociais, do feminismo. A partir daquele mo(vi)mento, as mulheres do mundo todo pleiteavam mais poder e participação em todos os segmentos da sociedade. E os quadrinhos trataram de espelhar esse novo empoderamento e protagonismo das mulheres, através de inúmeras personagens rebeldes, combativas e/ou questionadoras como Barbarella, Modesty Blaise, Viúva Negra (Marvel), Diana Prince (DC), Valentina, ou mesmo a pequena Mafalda, do cartunista argentino Quino, que apesar de ser apenas uma garotinha, já pensava e questionava o mundo como adulta. O mundo vivia também sob forte estética psicodélica e fascínio pela ficção científica, que norteavam a cultura pop da época.
Foi nesse contexto político-cultural que o jovem Fernando Ikoma, então um rapazola de 23 anos, iniciante nos quadrinhos, criou sua personagem Sibele, a espiã de Vênus.
Sibele nasceu em Vênus, mas fugiu, ainda criança, com seus pais e conterrâneos para o espaço para escapar da destruição de seu planeta. Com a nave avariada, despencaram em Saturno, onde seus pais foram escravizados por uma das raças belicosas do planeta. Já Sibele e seu amiguinho Pino foram adotados por outra raça, mais generosa, e levados para o reino de Sandrel, onde, já adulta, Sibele acaba se tornando rainha e agente secreta intergaláctica. Sua missão é conquistar a paz entre os povos de Saturno e encontrar seus pais, que ela suspeita ainda estarem vivos.
Aclamado como um dos autores mais criativos e rápidos de sua época, Ikoma abandonou os quadrinhos precocemente, em 1972. Preferindo migrar para a publicidade e as artes plásticas, onde se tornou um pintor de prestígio internacional. Nos poucos anos em que se dedicou às HQs construiu uma carreira meteórica e deixou um legado muito criativo e pessoal. Faz parte deste legado a sexy Sibele, que teve poucas HQs publicadas, duas em revista própria (ambas presentes nesta edição) e mais algumas distribuídas em revistas diversas da editora EDREL.
Este livro traz, republicada pela primeira vez em 54 anos, o início da saga de Sibele, a espiã cósmico-psicodélica que encantou os leitores no final dos anos 60.
Deixe-se encantar por Sibele você também!

MARCIO BARALDI

CategoriasIndependente
EditoraCriativo
AutorFernando Ikoma
Páginas64
Tipo de capaCapa Cartão
CorP&B
Dimensões28cm x 21cm x cm